O poder do NÃO na infância

Sem categoria

Resultado de imagem para pais dizendo não ao filho
Atualmente devido a muita ausência dos pais no cotidiano dos filhos, quando estão juntos, acabam cedendo as vontades deles e não impondo limites e pouco dizem uma palavrinha que pode ser de extrema importância no futuro dele que é o “NÃO”. O seu filho vai se decepcionar, sim, muitas vezes, e isso é bom para ele. Só passando por essas situações e aprendendo a lidar com elas é possível adquirir habilidades importantes para toda a vida, como perseverança, paciência, empatia e flexibilidade.

É preciso, sempre que necessário, dizer não à criança, por mais fácil que seja atender ao pedido e evitar uma “birra”, procure manter a sua palavra e pensa que será o melhor para ele no futuro. Algumas vezes o sentimento será de culpa, ou até pena, mas tenha segurança da decisão que tomou diante do objetivo do limite em que está dando à criança.

Os bebês, por exemplo,  quando começam a engatinhar, descobrir o mundo, ouvem muito “não”, principalmente quando mexem em algo que não pode. Eles não entendem com facilidade o porque do limite, por isso é importante dar explicação,  mesmo que por várias vezes, para que compreendam melhor o que não pode ser feito.

A criança que experência  ao sentimento de frustração por não ter seu desejo atendido imediatamente se torna mais resiliente, mais resistente ao estresse do dia a dia e tem potencial para um futuro promissor. O “não” ajuda a crescer e compreender melhor situações que não ocorrem conforme gostaríamos desde a infância até a idade adulta.

 

 

Rafaela Machado

Psicóloga Infantil e de família

 
Meu nome é Rafaela Machado

CRP 03/8316

Psicóloga clínica, atendimento infantil e família.

Contato: 99312-8159 / 98164-2274

Email: rafammachado@gmail.com

Endereço: barra

Ig: @psicologiando

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta